Uma das partes mais importantes de uma aula acontece bem antes de ela começar. Além do conteúdo, o modo como ele será transmitido, o tempo que será utilizado em cada etapa e o que se espera dos alunos também são preocupações que os professores devem ter.

Para considerar esses fatores e também ter uma noção organizada de como será o desenvolvimento da aula, é necessário que o professor faça um planejamento prévio. Não existe um padrão fixo que deva ser seguido para montar um bom plano de aula, mas alguns fatores podem ser determinantes para que não ocorram imprevistos.

Pensando nisso, elaboramos 5 dicas para ajudá-lo a se preparar. Confira

1. Divida o plano de aula em etapas

Para organizar sua aula, divida-a em etapas. Você pode iniciar com alguma conversa ou discussão introdutória e depois adicionar os conteúdos que deverão ser ministrados, e como você pretende abordá-los, quais recursos vai utilizar, etc. Por exemplo:

  • Etapa 1: quebra-gelo – fazer a chamada, perguntar sobre o que os alunos se lembram da aula passada, estabelecer relação com conteúdo que será apresentado.
  • Etapa 2: explicação – explicar oralmente o conteúdo e expor no quadro o que for necessário. Perguntar sobre possíveis dúvidas.
  • Etapa 3: debate – levantar problemáticas e questionamentos acerca do assunto trabalhado.

2. Estabeleça um tempo para cada etapa da aula

Para não levar sustos, é melhor estabelecer previamente quanto tempo deve tomar cada uma das etapas da sua aula. Sem esse tipo de controle, algumas atividades acabam se arrastando por muito tempo e tomando o espaço de outras, assim causando atraso para toda a turma.

3. Analise as atividades que serão realizadas e crie objetivos

Antes de incluir uma atividade no seu planejamento, analise-a. Por que ela é importante? O que você pretende com ela? O que os alunos devem saber ao final desse conteúdo, ou dessa aula ou atividade? Essas perguntas são importantes para que você tenha um controle do que você fez e o que você conseguiu.

Anote essas informações em seus planejamentos, dessa forma você poderá refletir posteriormente sobre quais eram os resultados esperados e quais foram os resultados obtidos. Você também pode fazer uma checklist para controlar esses dados e deixá-los organizados.

4. Considere o conhecimento prévio de seus alunos

Em vez de chegar com um conteúdo totalmente novo e desconectado para apresentar, é interessante que o professor se preocupe em fazer “ganchos” com o que os alunos já sabem. Ao planejar sua aula, procure estabelecer relações com os conhecimentos já adquiridos por eles.

5. Cuidado com os monólogos! Estimule a participação dos alunos

Como professor, às vezes é difícil perceber quando se está falando demais e os alunos de menos. Por isso é importante estabelecer em seu planejamento qual será o tipo de interação durante cada etapa da aula: os alunos terão voz ativa ou serão apenas ouvintes?

Procure aumentar a participação dos alunos em seus planejamentos, pois muitas vezes, quando não é preestabelecido, esse contato acaba ficando esquecido. A interação faz com que a aula seja mais dinâmica, interessante e motivadora.

Professores devem estar sempre atentos aos detalhes para desenvolver técnicas de ensino e de organização que otimizem os resultados dos alunos. Desenvolver um bom plano de aula pode fazer toda a diferença para isso.

E aí, o que você achou das nossas dicas? Compartilhe com os amigos nas redes sociais para que outros professores também possam aprender e discutir novas dicas!