O outsourcing é um recurso que vem sendo cada vez mais utilizado pelas instituições de ensino e, quando bem aplicado, traz inúmeras vantagens tanto para a administração das faculdades quanto para os alunos.

Mas você sabe o que ele é e por que adotá-lo em sua IE? Confira!

O que é outsourcing?

O outsourcing é uma espécie de terceirização estratégica. Isso significa que trata-se de uma terceirização não de serviços que geralmente vemos vinculados a esse termo, como limpeza, segurança, transporte, etc., mas sim de uma terceirização mais próxima da funções mais vitais da empresa ou faculdade.

Nesse caso, seria uma terceirização de setores como o financeiro, o marketing, a cobrança e a área de TI.

Quais os benefícios que minha faculdade pode obter com a utilização de outsourcing?

Dentre as várias vantagens possíveis, citamos:

A expertise do outsourcing

Você terá um grupo de especialistas cuidando de áreas essenciais para que sua faculdade progrida. Esses departamentos serão ministrados por aqueles que têm os conhecimentos mais recentes nessas áreas e, portanto, poderão gerenciar com maestria esses setores, obtendo um resultado mais eficaz.

A competitividade

Com as técnicas mais recentes das áreas operadas por outsourcing, como a cobrança, TI e marketing, sua faculdade estará utilizando as tecnologias mais modernas nesses setores e se destacará por sua excelência e objetividade no trato com os alunos.

Essa organização fará com que sua faculdade esteja dentro dos padrões mais exigentes.

Redução de custos

Quando você promove a mudança de departamentos para um sistema de outsourcing, vários custos com colaboradores, treinamento e manutenção de setores deixam de existir.

Com a economia e até mesmo a possibilidade de utilizar espaços desocupados, você pode investir esses recursos para criar novas áreas de aprendizagem, como laboratórios, por exemplo, e intensificar seus treinamentos para o corpo docente.

Mensalidades mais acessíveis

A economia gerada pelo outsourcing também pode ser revertida em benefícios para os alunos, como diminuir o valor nas mensalidades.

É possível também investir mais maciçamente no marketing, e mesmo criar um programa de incentivos para bons pagadores — como instituir um prêmio anual para os alunos e responsáveis que pagam todas as mensalidades em dia, ou conceder um desconto para os alunos e responsáveis que pagam as mensalidades antecipadamente.

Como escolher os setores que devem passar para outsourcing?

É fundamental que todos os departamentos da faculdade sejam muito bem analisados. Todo e qualquer setor que não esteja relacionado com a função central da faculdade — a pedagógica — são candidatos ao outsourcing.

Após uma análise profunda dos departamentos, verifique quais estão com um funcionamento crítico. Esses são os setores ideais para outsourcing. Caso haja colaboradores talentosos nesses departamentos, pense na possibilidade de reaproveitá-los em outras áreas.

Quais cuidados deve se tomar ao optar pelo outsourcing?

É preciso selecionar com cuidado o prestador do serviço desejado por meio de referências prévias, como indicações de parceiros ou empresas com destaque na mídia.

É necessário acompanhar o desempenho do outsourcing de forma contínua, a fim de verificar se a performance do prestador está como foi acordada e se esse acordo vem surtindo um efeito positivo na administração da faculdade.

O outsourcing é uma ferramenta poderosa, que permite que o gestor da faculdade foque seus esforços no campo acadêmico, de forma a melhorar a cada dia o desempenho de seu corpo docente.

Gostou desse post e entendeu o que é outsourcing? Assine nossa newsletter para ter acesso a mais conteúdos como esse!